28/06/2017

Simplesmente Ana - Marina Carvalho


Oi pessoal!!
Dia de resenha aqui no blog, mas antes eu preciso falar uma coisinha bem rápida com vocês. 
Eu estava olhando os meus livros, pensando em temas para novos posts e procurando alguns livros para olhar citações que eu colocaria em algumas resenhas e eis que eu vejo um título que eu ainda não havia postado resenha dele aqui no blog. No caso, o livro é o "De repente, Ana", continuação de "Simplesmente Ana", o livro da resenha de hoje.

Só conseguia tentar procurar um motivo que explicasse o porque de eu não ter feito resenha desses livros maravilhosos!! 

No ano em que eu li os dois, a leitura me deixou super envolvida, amei a escrita da autora e até hoje sou apaixonada por esses livros. 

Ah! Tem um detalhe bem importante nessa história. O primeiro livro eu não tenho físico - como a maioria dos livros que eu leio, pelo simples motivo de não ter dinheiro para comprar tantos livros assim (risos) - eu li um e-book da minha amiga (obrigada Gih!) e o segundo livro eu ganhei do meu namorado (obrigada Amor!)! Agora já virou trilogia, porque foi lançado o "Elena: A filha da princesa" que esto louca para ler!!

Já falei demais, borá pra resenha meu povo!!

Sinopse do livro Simplesmente Ana - 
Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha... Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criadores e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador - deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha -, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser... A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existiam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que - ao mesmo tempo - nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.


Esse livro é super envolvente, desde as primeira páginas. Quando você termina chega a sentir uma tristeza por ter acabado um livro tão bom, mas se acalme porque a continuação dele também é apaixonante! Com certeza é um livro em que o leitor passa por todos os tipos de emoções e sensações com os personagens! Você pode não gostar de um, criticar outro, se apaixonar por algum e até odiar outro. Mas eu garanto que todos complementam a história, até mesmo os chatos, cada um tem um motivo para estar lá e ajudar no desenvolvimento da história e dos dramas vividos por Ana.

Ana Carina, filha de Olívia, é uma universitária que mora em Belo Horizonte, mal sabia ela o quanto sua vida mudaria após sua mãe aparecer em um programa da Ana Maria Braga. Pois, até os seus 20 anos, ela nunca teve contato com o seu pai. Segundo sua mãe ele a abandonou quando soube que Olívia estava grávida. Andrej resolve mandar uma mensagem no Facebook para Ana, contando que era seu pai. No início ela não acreditou muito, mas assim que contou para sua mãe a verdade se revelou. Andrej era o pai de Ana.
"O rei (sim, rei!) Andrej (pronuncia-se Andrei, com i) revelou que ficou assistindo ao programa, meio que enfeitiçado pela visão de minha mãe, até que a apresentadora começou a fazer algumas perguntas mais pessoais. Como não compreendia as falas, ele pediu ao intérprete que o acompanhava que traduzisse." - Capítulo 1
As revelações não param por aí. Ana descobre que é princesa de Krósvia, um pequeno país da Europa. Então ela decide se mudar para Krósvia com o seu pai, por um tempo.

Ela encontrou uma realidade bem diferente da que vivia aqui no Brasil. Conheceu pessoas novas, incluindo Alex, filho da rainha (falecida) e filho de coração de Andrej. Os dois não se dão muito bem no começo, já que Alex desconfiava que Ana queria passar a pena em Andrej.

Claro que sabemos o que vai acontecer, não é mesmo!?

Posso garantir que os detalhes da história desse casal são bem engraçados, intrigantes e devo admiti que Alex é bem irritante em alguns momentos da trama. Sem contar que ele tinha uma namorada, Laika (que Ana a apelidou carinhosamente de Nome de Cachorro). Ana só descobriu isso em uma conversa com Karenina, a cozinheira.
"Ah, pelo amor de Deus! Quem eu estava querendo enganar? Outros caras nada. Alexander. Só ele. Quem mandou ser tãããão... sexy." - Capítulo 6
Ana é uma personagem cativante, sua personalidade é extremamente forte e ela não dá o braço a torcer quando o assunto são suas convicções. Ela não vira uma princesinha, ela pode ter o título de princesa agora mas continua sendo a mesma Ana que morava no Brasil e estudava Direito. Marina, com certeza, soube colocar o leitor ao lado de Ana, vivendo as experiências da personagem e se divertindo com as suas novas aventuras. Preciso admitir que eu amei as referências brasileiras que a autora colocou, principalmente com relação a imagem da mulheres brasileiras e sobre nosso povo, coisas para se pensar minha gente!!

Depois de um episódio terrível, Ana volta para o Brasil. Não vou contar o final do livro, LÓGICO, mas posso reafirmar tudo o que eu já disse. LEIAM!! Esse livro é maravilhoso, divertido e envolvente.

Boa leitura para vocês!!


Não se esqueça de me seguir nas redes sociais:

Comente com o Facebook: